O Notícias UC esteve na Conferência de Imprensa de apresentação da segunda edição do Anozero – Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra, na qual participaram Clara Almeida Santos, vice-reitora da Universidade de Coimbra, Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal, Carina Gomes, vereadora da Câmara Municipal de Coimbra, Carlos Antunes, diretor do Círculo de Artes Plásticas de Coimbra e Delfim Sardo, curador da edição de 2017 da bienal.

«A segunda edição do Anozero – Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra acontece de 11 de novembro a 30 de dezembro sob o tema “Curar e Reparar”. A bienal traz a Coimbra obras de 34 artistas, entre os quais se destacam os nomes de Dominique Gonzalez-Foerster, Francis Alys, Jimmie Durham, Julião Sarmento, Matt Mullican ou William Kentridge. Apesar de estar repartida por vários lugares de Coimbra, a bienal Anozero’17 é uma única exposição que se espalha por diversos edifícios patrimoniais da cidade, desde a Sala da Cidade à Galeria de História Natural do Museu da Ciência. O Anozero ’17 é produzido pelo Círculo de Artes Plásticas de Coimbra e organizado em conjunto com a Câmara Municipal de Coimbra e a UC.»