© Diogo Tudela

Jonathan Uliel Saldanha

Jonathan Uliel Saldanha trabalha no campo da construção sonora e cénica. É cocriador das peças cénicas O Poço, Rei Trilogia, Máquina da Selva e apresentadas em diferentes espaços como o Rivoli-Teatro Municipal do Porto, o Accès(s) Festival e o Museu de Serralves. Desenvolveu a instalação Oxidation Machine apresentada em Serralves e no Palais de Tokyo. Compôs uma série de peças para voz, eletrónica e espaço ressonante: Del, Teufel Radar, Khōros Anima, Sancta Viscera Tua e Silvo Umbra.

Faz parte da dupla de produtores Fujako, dirige o projeto HHY & The Macumbas e foi o fundador do coletivo SOOPA, editora e programadora de concertos e performances iniciada em 1999, no Porto.

O seu filme/ensaio Máquina da Selva/Mundo de Cristal foi editado pelo Museu de Serralves.

www.jonathanulielsaldanha.com

© Diogo Tudela

ILINX

Jonathan Uliel Saldanha