Paloma Bosquê

Paloma Bosquê nasceu em 1982, na Garça, e vive e trabalha em São Paulo.

De entre as exposições individuais da artista destacam-se O Oco e a Emenda, Pavilhão Branco, Museu da Cidade, Lisboa (2017); Campo, Mendes Wood DM, São Paulo (2016); O Incômodo, Pivô, São Paulo (2015); Um Ponto Antes, Mendes Wood DM, São Paulo (2014). A artista participou igualmente nas seguintes exposições coletivas: Neither, Mendes Wood DM, Bruxelas (2017); Off Road, Zeno X Gallery, Antuérpia (2017); In Between, Bergamin &Gomide, São Paulo (2016); Mycorial Theatre, Pivô, São Paulo (2016); Projeto Piauí, Pivô, São Paulo (2016); Roberto Burle Marx: Brazilian Modernist, The Jewish Museum, Nova Iorque (2015); Kiti Ka' Aeté, The Modern Institute, Glasgow (2015); United States of Latin America, Museum of Contemporary Art Detroit, Detroit (2015).

Alguns dos seus trabalhos integram coleções públicas como a Kadist Foundation Paris/São Francisco e a Tulip Collection, Londres.

Em 2015, 2016 e 2017, Paloma Bosquê foi indicada para o Prémio PIPA: A Janela Para a Arte Contemporânea Brasileira.

http://palomabosque.com

Paloma Bosquê