Pedro Barateiro

Pedro Barateiro nasceu em 1979, em Almada. Vive e trabalha em Lisboa. Frequentou o mestrado em Artes Visuais na Malmö Art Academy, Suécia, e fez residências artísticas em Antuérpia, Paris, Nova Iorque, Bristol, e Lisboa.

Expôs individualmente os seus trabalhos em vários locais: REDCAT, Los Angeles; Museu Colecção Berardo, Lisboa; Kettle’s Yard, Cambridge; Parkour, Lisboa; Kunsthalle Lissabon, Lisboa; Kunsthalle Basel, Basel; Lumiar Cité, Lisboa; Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto; MARCO, Vigo; Pavilhão Branco, Lisboa; Spike Island, Bristol e Salão Olímpico, Porto. As exposições coletivas em que participou incluem a 29.ª Bienal de São Paulo; 16.ª Bienal de Syndey; 5.ª Bienal de Berlim; Fondazione Guiliani, Roma; Firstsite, Colchester; nGbK, Berlim; MHKA, Antuérpia; SESC Pompeia, São Paulo; Museu de Arte Contemporânea de Serralves, Porto; CAM – Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa; Le Plateau, Paris; Palais de Tokyo, Paris; Centro Galego de Arte Contemporânea, Santiago de Compostela, entre outras.

Apresentou as suas performances no Teatro Rivoli, Porto; ZHdK, Zurique; 98Weeks, Beirute; Théâtre de la Ville, L’école nationale supérieure des beaux-arts (ENSBA) e Fondation Ricard, Paris; MHKA/ Cinema Zuid, Antuérpia; Centro Cultural São Paulo e Galeria Vermelho, São Paulo; Teatro São Luiz e Teatro Praga, Lisboa.

Pedro Barateiro é membro-fundador do Parkour e autor de diversas publicações.

http://pedrobarateiro.tumblr.com

Pedro Barateiro