Lucas Arruda

Lucas Arruda é um pintor brasileiro cuja pesquisa artística parte de memórias da infância e de referências da cultura popular brasileira, dando lugar a paisagens que, apesar da natureza figurativa, permitem ao artista uma exploração da abstração e de detalhes formais como a luz e a cor. As suas obras caracterizam-se pelas marcadas linhas do horizonte e por uma grandeza de espaço que o artista decide pontuar com elementos naturais ou arquitetónicos que destaca da paisagem inicial. O desafio que o artista propõe ao observador é quase espiritual: o da leitura de uma imagem vaga e celeste, porém marcada por um elemento que lhe concede a objetividade. O observador relaciona-se com elementos que o transportam para outras realidades subjetivas e que, simultaneamente, o identificam com o artista. No Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, Arruda apresenta três pinturas, uma instalação de luz e uma escultura de alabastro pensada nas suas viagens prévias a Portugal.

 Sem título (da série "deserto-modelo"), 2017 Óleo sobre tela Sem título (da série "deserto-modelo"), 2017 Vaso de alabastro Fotografia de Jorge das Neves

Sem título (da série “deserto-modelo”), 2017
Óleo sobre tela
Sem título (da série “deserto-modelo”), 2017
Vaso de alabastro
Fotografia de Jorge das Neves