Still Cabanon

Em 1952, Le Corbusier projeta para si um pequeno edifício de madeira que ocuparia durante anos como casa-abrigo. Le Cabanon ficou para a história como uma reflexão sobre  a condensação do espaço de habitar, sobre  a polivalência do espaço e dos seus usos.

Após esta experiência radical, repetidas vezes revisitada por criadores que se movem no território do Espaço, como pensar o habitar mínimo e a sua polivalência de espaços e usos, o refúgio, lugar condensado do conforto,  e a sua permanência ou efemeridade?

Esta pergunta foi o desafio lançado a um conjunto de autores de diferentes áreas disciplinares como a arte, a arquitetura e o design, que se propõe pensar e desenhar um espaço íntimo de abrigo para si próprios, onde se desenvolvam as suas reflexões em torno do habitar no Século XXI.

cabanon-auteur-01


Ter-sex, 10 h–18 h
Sáb-dom, 10 h–13 h, 14 h–18 h


Inauguração
18 nov, 17h30

15 dez, 18 h
Lançamento do catálogo e conversa com os projetistas.

Curadoria Atelier do Corvo

Curador-adjunto
José Miguel Pinto


Arquitetos, Artistas e designers
Aires Mateus
Ângela Ferreira
Atelier do Corvo
Carvalho Araújo
Didier Fiuza Faustino
Eduardo Souto Moura
Fernanda Fragateiro
Fernando Brízio
Filipe Alarcão
João Luís Carrilho da Graça
João Mendes Ribeiro
José Pedro Croft
Nuno Sousa Vieira
Patrícia Barbas Lopes
Paula Santos
Pedro Brígida


Ensaístas
Armando Rabaça
Gabriela Vaz Pinheiro,
Inês Moreira
José Bártolo
José Miguel Pinto
Magda Seifert
Pedro Pousada
Sara Castelo Branco